sábado, agosto 26, 2006

O nosso último presente para o mundo...

segunda-feira, abril 10, 2006

"OPA e Contra-OPA, mais uma Bomboca"

Grande destaque no cartaz do S. Carlos:

A Grande Ópera "OPA e Contra-OPA, mais uma bomboca", um requiem da economia portuguesa em mete-Dó Maior, chegou finalmente ao nosso país.

Com o grande tenor português BCP, o soprano BPI e o gigante castelhano, o barítono Santander. A acompanhar a fantástica orquestra sinfónia da Social Lisboeta, liderada pelo honorável maestro Josef Socrates. Conta ainda com a participação exclusiva de Portugal, o nosso famoso soprano eunuco.

Como poderão constatar em baixo trata-se de uma ópera vanguardista minimalista, muito simples mas com uma intensidade arrasadora.

Cenário: Bom tempo, Sol radiante, céu limpo, remota possibilidade de chuviscos ou mesmo chuva-molhas-tolos, embora muito improvavel ou mesmo estatisticamente desprezível, aliás é mesmo só céu limpo e sol radiante.

Primeiro Acto:

BCP (forte) - OPAaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!...

Segundo Acto:

BPI (piano) - contra-opa...

Terceiro Acto:

Santander (fortissimo) - OPAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!!!

Último Acto:

Portugal (stupidissimo) - Mais uma bombocaaaaaaaaaaaaa!

(O pano desce enquanto Portugal padece no chão agarrado aos tomates)

Uma autêntica obra prima, um grande requiem da economia portuguesa, que com toda a certeza ficará para a história (não a nossa, mas a dos outros).

domingo, abril 09, 2006

A Tragédia do Dino - As lágrimas que a todos nos molham

A Tragédia do Dino não é diferente da do Dino Meira de há alguns anos atrás. No seu traço comum é a mesma tragédia - a Tragédia de Portugal!

Idolatram-se os ídolos de latão/os ídolos de Portugal, Moisés que diga se ainda liga aqui ao maranhal.

Caso perdido este nosso Portugal. Chora quem não deve, despreza o fundamental... ai este nosso Portugal....

O azar do jovem rapaz não é distinto do azar de muitos outros jovens rapazes que morrem nas nossas estradas todos os dias (ou é?). Portugal chora a morte desses rapazes? Não! mas chora a do Dino? Sim! hum...

E o que fez o Dino por Portugal? hum... ahm... pois...

- É actor! - alerta o contraponto.
Hum... pois... é actor... e os outros o que serão?

Um pranto de bradar aos céus. Carpideiras, alcoviteiras, algumas parteiras e muitas chafardeiras... o Altíssimo que nos perdoe!

A TVI derrama lágrimas de crocodilo. E tanto que sobem elas... as suas audiências... Upa por ai a cima! Ui que é tão bom! E tanto que eles choram... que tragédia... e os moranguinhos que ficam mais docinhos e as Marias tão mais gordinhas e os seu filhinhos mais estupidinhos e o país mais pequenininho e mesquinhinho... upa, upa! Sempre a subir...

As carpideiras choram e lamentam, choram e lamentam, o país que afugentam. É o nosso país que se afunda na sua indelével volatilidade.

As lágrimas que a todos nos molham...

É a tragédia do Dino é a tragédia de Portugal.

quinta-feira, abril 06, 2006

A Páscoa, as OPAs e outras Substâncias Alucinogénicas

O abuso crescente de substâncias alucinogénicas durante a Páscoa é algo que tem vindo a preocupar as autoridades portuguesas. Actualmente qualquer adolescente imberbe começa a consumir drogas durante a Páscoa. Geralmente começam nas drogas mais leves logo durante a Quaresma e acabam por transitar para as mais duras na Sexta Feira Santa, atingindo o seu máximo na eucaristia de Domingo. As “Overdoses” são frequentes durante a homilia Pascoal e há muito que preocupam o Ministério das drogas pesadas e também o Ministério das drogas mais ou menos pesadas.

O estado Português já reagiu a esta hecatombe social e mandou trocar imediatamente todas as powerboxes analógicas da TvCabo por outras digitais. Entretanto a Polícia Judiciária encontrou mais duas toneladas de Ofertas Públicas de Aquisição (OPAS) nas praias da costa Vicentina. A GNR anda a passar coimas de contra-ordenações mais ou menos gravíssimas à malta que estiver a distribuir OPAs durante a Páscoa.
Todavia, é já do conhecimento público que a Paróquia de São Domingos de Rana também apresentou a sua OPA à Igreja do Santinho do Pau Oco, ao que esta respondeu com um "QUERES FIADO?! TOMA!", que é uma outra droga alucinogénica muito forte usada nas dioceses portuguesas.

“É cada vez mais complicado travar a distribuição de OPAs e outras substâncias alucinogénicas no período Pascoal” disse-nos o Alto-comissário para a Prevenção das OPAs e PEIDAs.

Entretanto foi descoberto mais um ganso peidola morto nas praias de Portugal (em uma ou duas pelo menos), mas afinal não estava morto, estava só meio-morto, talvez até só mesmo meio zonzo. No início, pensava-se que era por causa do H5N1, um vírus que faz espirrar e que obriga a comer canjas de galinha quentes, mas afinal era só um H1N5, que é um alucinogéneo do tipo PEIDA-BOA que costuma aparecer muito durante a Páscoa.

terça-feira, abril 04, 2006

Páscoa Polémica

A Páscoa é sempre um tema polémico que afecta e muito divide a opinião pública portuguesa.

No centro da discussão estão os famosos coelhos da Páscoa, que segundo alguns ambientalistas estão em vias de extinção, calculando-se que não existam mais do que dois mil triliões de coelhinhos da Páscoa em todo o mundo.

O coelhinho da Páscoa não se reproduz em cativeiro com facilidade e isso preocupa imenso as entidades responsáveis pela preservação da espécie. “Eles são tímidos e precisam do ambiente certo para se reproduzirem” – adianta um perito na matéria. “Geralmente precisam de um jantar romântico à luz das velas, uma musiquinha de fundo do tipo Michael Bolton ou mesmo Celine Dion, um bom vinho tinto francês e de muita muita privacidade... não é fácil! É um bichinho que precisa mesmo daquele clima...” – informa o perito na matéria (que acabou por não nos informar em que matéria era ele perito especificamente).

Em Portugal e Espanha continuam a existir as chamadas “coelhadas” - festas bárbaras centradas na tortura de um querido e fofo coelhinho da Páscoa.

Em Barrancos, todos os anos, centenas de aficionados defendem os coelhos de morte, dizem que faz parte da identidade lá da terra, porém no outro lado da barricada estão os defensores dos animais que querem acabar de uma vez por todas com as coelhadas de morte em Portugal. Geralmente os protestos terminam com a triste morte de três ou quatro coelhos da Páscoa agarrados a uns cinco ou seis defensores dos animais.

Os coelhos da Páscoa são também cada vez mais explorados pela indústria de peluches. Sendo que todos os anos milhares de unidades de coelhos da Páscoa são embalsamados e enviados para grandes plataformas comerciais como o Boys 'R us ou mesmo o Santuário de Fátima.

Os coelhos da Páscoa também costumam ser utilizados em porta-chaves e piadas de mau gosto. É já também tradição o adorno à força com ridículos pompons que muito envergonham qualquer coelhinho da Páscoa que, regra geral, preza muito a sua masculinidade. Muitos deles não resistem a tamanha humilhação e acabam por falecer por agravamento da sua predisposição a complicações cardiovasculares.

As organizações ambientalistas apelam a sensibilização das grandes massas e informam sobre os maus tratos que estes animais felpudos têm vindo a sofrer cada vez mais. Os talhos já têm inclusivamente sido alvo de múltiplas inspecções no decorrer do súbito interesse pela carne do coelho da Páscoa. “É que o gato por lebre já era e o que está a dar agora é o coelho da Páscoa, porque é mais tenro e gostoso, quanto mais querido melhor!” disse um talhante quando interrogado sobre esta recente moda gastronómica. O mesmo talhante informou-nos que não está preocupado com as referidas inspecções, já que em cada inspecção ao seu talho acaba tudo numa grande patuscada com coelho da Páscoa à Caçador e coxas de coelhinho da Páscoa à Minhota. “Os inspectores adoram coelhinho da Páscoa e a minha mulher sabe fazê-los tão bem...” – disse-nos o talhante.

domingo, março 19, 2006

Portugal Fundamental

O Governo já escolheu a lista dos cem mil portugueses fundamentais que, em caso de pandemia com o virus da gripe das aves, irão receber o respectivo antiviral.

Foram cem mil portugueses seleccionados com base na sua importância para manutenção dos serviços básicos em Portugal.

Os serviços secretos tiveram acesso exclusivo a essa lista e, mantendo obviamente a confidencialidade dos felizardos, vem agora por este post divulga-la:

OS CEM MIL FUNDAMENTAIS PARA O PAÍS:

  • Militantes do PS, desde que não simpatizem com ideais socialistas e detestem poesia.
  • Deputados, respectivos cônjuges e amantes (só as mais giras).
  • Presidentes das juntas e autarquias com processos em tribunal.
  • Juízes incompetentes para resolver de uma vez por todas os processos que envolvam políticos, apresentadores de TV, dirigentes desportivos e pedófilos que sejam políticos e/ou apresentadores de TV e/ou dirigentes desportivos.
  • Jogadores de Futebol da Super Liga sem rupturas de ligamentos.
  • Vencedores dos festivais da canção decorridos em anos bissextos.
  • Pessoal VIP que já tenha aparecido pelo menos três vezes nas capas da revista Caras.
  • Elenco do Morangos com Açúcar (incluindo figurantes), pra manter os enfermos distraídos.

Esta é em linhas gerais a lista com os cem mil fundamentais necessários para manter os serviços básicos do nosso querido país.

Se por acaso não apresentar nenhum dos requisitos apresentados nesta lista, por favor não hesite em comprar o nosso bestseller: “Como se tornar num Fundamental em apenas cinco dias”.

quinta-feira, fevereiro 02, 2006

Numa iniciativa sem precedentes, a SRT irá apoiar o lançamento de mais um fantástico blog na praça pública.


O EXECUTIVO!!!!


Esteja atento(a) que ele já anda por aí...

domingo, janeiro 22, 2006

Cavaquinho, cavaquinho... meu pequeno burguês
Não ganhaste à primeira, mas à segunda foi de vez.
Grande salvador, meu gingantone do Algarve
Ai ai ai ao quanto obrigas o voto do alarve.

Senhor Professor Aníbal Cavaco da Silvinha
Há dez anos atrás decidias não mais voltar,
Mas para grande agonia minha...
do trabalho te fartaste e à mama quiseste voltar

Cavaquinho, cavaquinho... de economia percebes tu
Mas num país moribundo não vales mais que um cu.
O povo está contente, o presidente é um salvador
mas terá ele mais ideias e propostas que um condor?

D. Sebastião voltou e é pra ficar
É o luto dos anos que nos fazem alucinar
Foram suspiros, foram lágrimas derramadas
Serão agora as crises e as agonias passadas?

És da terra da amêijoa, da terra do berbigão
Mas se há coisa que mais te irrita é a gosma do mexilhão
Cavaquinho de Boliqueime... se há coisa que eu mais teime:
É que aqui não vales nada por mais memória que se queime.

Luís Vaz de Camões
22.01.06

segunda-feira, janeiro 09, 2006

Um bom Ano Tralala 2006

Agora que já trocámos prendinhas com uns tantos amigos e com muitos outros de estatuto do tipo Amigo-Natalício e comemos passas e saltámos que nem parvos e abraçámos todos como se todos gostassemos mesmo de todos e como se de um momento para o outro tivessemos cinco anos ou menos e um desenvolvimento cognitivo que deixasse mesmo muito a desejar, poderemos então partir sobriamente para 2006.

Rescaldo de 2005:

  • Projectos milionários, como o TGV e a OTA, vão para à frente como se o crescimento económico do país não fosse o mais baixo da Europa nem tivéssemos um défice a liquidar.
  • Criminosa volta do Brasil, recandidata-se à Autarquia das Felgueiras e ganha!
  • Os Delfins lançam novo DVD.
  • Aproximadamente um quarto do nosso país ardeu no Verão, mas responsáveis políticos garantem que para o ano é que é - em 2006 estaremos preparados e já não seremos de novo surpreendidos pelo fogo.
  • O nosso primeiríssimo já conhece o Quénia como ninguém.
  • Foi eleito um Sumo Pontífice Super Conservador.
  • Um idiota qualquer ganhou o concurso da primeira companhia e cerca de dez milhões de idiotas ficaram a saber quem foi.
  • O IVA aumentou, o IVA também e o desemprego também.
  • O Mourinho é o Português do ano e que qualquer Português tem o maior orgulho (parece que ele põe a malta a jogar à bola como ninguém).
  • D. Sebastião Volta de Alcácer-Quibir e candidata-se à Presidência da República. Há quem não acredite que ele irá sabiamente salvar o país, mas são poucos e cheiram mal.
  • O Fernando Pereira voltou com as suas “hilariantes” imitações e a Teresa Guilherme fez uma plástica para aumentar o seu prognatismo.
  • O poder de compra desce para a maioria dos portugueses e discute-se quem será o nosso próximo corta-fitas.
  • Construímos a maior árvore da Europa e provavelmente a mais foleira do mundo. Cientistas ainda estudam o efeito hipnótico de um objecto tão estúpido como aquela árvore de Natal. É que aquela porra parecia fazer todos abrir a boca de espanto e esquecer a triste realidade em que se encontram.
  • O Rali Dakar parte de Lisboa. O Dakar-Lisboa. Todos ficámos com a lágrima no canto do olho e com enorme orgulho no nosso país, mas ninguém percebe que isto é uma indirecta dos internacionais– Portugal está cada vez mais próximo de países como o Senegal, tão próximo que se nos anos vindouros os pilotos tiverem de partir de Lisboa para se dirigirem a África, eles escusarão de ligar os motores, pois já lá estarão!

Bom ano 2006 – Isto Promete!

domingo, janeiro 08, 2006

2006 - Novas Estratégias

Uma estratégia inovadora para melhorar a economia do nosso país :
  • Presença da Iberdrola, concorrente espanhola da EDP, no conselho superior da... essa mesma! EDP.

Isto abre portas a um novo mundo de estratégias revolucionárias.
Exemplos:

  • Representantes do crime organizado irão pertencer ao Conselho Nacional de Segurança e à administração da Polícia Judiciária.
  • Gestores da British Airways e da Lufthansa entram para o advisory board da Tap Air Portugal.
  • A Caixa Geral de Depósitos e o Banco de Portugal vão colocar online as actas das reuniões e decisões das respectivas administrações.
  • Piromaníacos diagnosticados serão colocados a trabalhar em bombas de gasolina e refinarias de Galp.
  • Decretos-Lei aprovados em Conselho de Ministros terão de ser promulgados pelas partes visadas e interessadas pelos mesmos.
  • Administradores da Teixeira Duarte e da Mota Engil são convidados a tomar decisões de maior dentro do Ministério do Ambiente.
  • Nas prisões de Portugal irão ser dispensados os guardas prisionais e os seus lugares serão ocupados pelos próprios penitenciários. Assim poupam-se recursos e entretém-se o pessoal da pesada com funções de maior responsabilidade.

Isto sim são medidas de fundo que irão mudar o nosso país de uma vez por todas.

quinta-feira, dezembro 29, 2005

Onde está o índio?

Louça eleito como antropólogo do ano por ter descoberto índios da América do Sul a viver em Portugal...

From: Alcacer Quibir To: Belém

Incrivel como D. Sebastião se manteve impecável durante tanto tempo! já lá vão mais de quatrocentos anos e continua igual. Impressionante!!

ele em mil quinhentos e troca o passo


"Alcácer Quibir é um figo"

ele agora... jovial! dinâmico!mais confiante que nunca! ele vai safar o país! é a nossa salvação!

"A crise é um figo"

Oh glória, oh divina compaixão! enfim o nosso salvador voltou das brumas...

segunda-feira, dezembro 05, 2005

Novas regras

A SRT quer propor novas regras para o debate político entre os diferentes candidatos à presidência desta pequena grande aldeia chamada Portugal.
As novas regras adequam-se à idade, à actividade e àquilo que os candidatos têm para dizer aos portugueses.

Novas regras:

  • Começa o debate com uma bisca lambida (o jogador que dá a primeira lambidela é sorteado)
  • Segue o debate para um apaziguante jogo da malha (cada jogador tem tempo limitado para lançar a sua malha*)
  • e termina com uma sueca a quatro** para tornar as coisas mais quentes***.

A SRT quer lembrar ao país que não devemos descurar a nossa responsabilidade em matéria de selecção dos candidatos a morador do famoso lar de terceira idade situado em Belém. Trata-se pois do lar para idosos mais conhecido do país e talvez da Europa, tanto pelo seu reconhecido repouso inigualável como também pela sua organização de excursões sumptuosas por esse mundo fora****.

Queremos portanto métodos de selecção mais apropriados. Em futuros posts serão exploradas novas regras e métodos alternativos que possam vir a ser utilizados.

* A SRT não pretende usar o conceito “lançar a sua malha” como uma metáfora para dizer “lançar a sua ideia”. Não! a SRT não pretende exigir tarefa tão árdua, complexa e enfadonha, como lançar ideias concretas ao país, aos candidatos que estão tão comodamente instalados no nosso... país. ** Isto se entretanto houver candidatos despertos suficientes para preencher o número mínimo de jogadores. *** Quentes do tipo manta-nos-joelhos-caldeira-nos-pés. ****perguntem ao Mario (candidato-ex-morador) se não gostava dessas excursões

sexta-feira, dezembro 02, 2005

A Divina Desolação

A desolação impregnou a SRT. Já nem nas divindades se pode confiar. A SRT quer deixar neste post de forma explicita que teve todo o empenho para que o combate do milénio decorresse da melhor forma possível. Envidaram-se todos os esforços para que este grande evento, único dentro do género vale-tudo, fosse realizado entre as mais importantes personalidades de duas grandes religiões.
Todavia, não obstante de tão sobre-humano empenho, a SRT foi desconsiderada por aqueles que já classificava como seus apoiantes.

Dia Dois de Dezembro, o Dia D! Às Doze horas.

Muitas personalidades VIP e outras divindades apareceram bem cedo no recinto escolhido pela SRT para o grande combate.

Eram Doze e Doze e ainda não tinham chegado os lutadores. Passaram Duas horas e a sua ausência já exigia explicação. Foi então que os representantes chegaram - Bento XVI, na condição de manager de Cristo e Dalai Lama como porta-voz do Buda.

O Papíssimo Bento XVI dirigiu-se ao presidente da SRT com falinhas mansas para desculpar o seu cliente. O nariz rubro e o bafio a álcool do supremo pontífice denunciava a suprema bebedeira que o mesmo teria tido na noite anterior. A sua ressaca era evidente portanto.

Cristo, ao que parece, terá saído do hotel onde estava hospedado, o “Homilias 3”, por volta das nove da manhã com o seu fiel burro de carga. Por virtude de excesso de trânsito e sobreaquecimento do animal (leia-se o Burro), Cristo ficou retido a meio caminho impossibilitado de chegar a horas ao combate.

Por outro lado, sua Santidade o Dalai Lama explicou que o seu líder espiritual, o Buda, meditou tanto durante a noite anterior que acabou por adormecer de manhã, ficando a roncar o dia todo no hotel em que se encontrava, o “Espiritual Idades”. O ar ensonado do Dalai Lama fazia muito boa gente suspeitar que ele próprio teria acompanhado o Buda na sua malandra meditação “all night long”.

O ar ensonado do Dalai Lama misturado com o seu corte de cabelo estilo “gay marine” dava-lhe um ar apaneleirado que muito irritou o cardeal Raitzinger. À intolerância do Bentíssimo seguiu-se um daqueles sorrisos super abichanados do Dalai Lama, que foi a gota de água para que o Bento XVI lhe salta-se em cima. O Budista permaneceu porém passivo enquanto o Papa se manteve activo no seu todo.

A SRT condena as atitudes das divindades convidadas para o combate, bem como pelos managers que se apresentaram em suas representações.

Desoladamente,

A Directora de Eventos da SRT

sábado, novembro 26, 2005

Mário Soares à Presidência de uma Associação de Estudantes

Mário Soares pretende candidatar-se à Presidência da Associação de Estudantes da Escola C+S de São Bento.
Mário Soares sente-se cada vez mais jovem e anuncia que não só não tem problemas de próstata como ainda nem sequer atingiu a puberdade. O socialista sente-se de facto cada vez mais imberbe e por isso a sua presente candidatura à Presidência da República Portuguesa é apenas um pequeno passo estratégico como forma de mais tarde poder concretizar o seu grande objectivo de vida digno de tanta vitalidade – A presidência de uma Associação de Estudantes. A Escola C+S de São Bento eleva-se como sua predilecta uma vez que os alunos são mais infantis que a maior parte dos alunos dos restantes liceus que infelizmente já apresentam um grau de maturidade e envelhecimento que não se adequam tão bem à jovialidade do promissor socialista. Soares já começou a frequentar algumas aulas no liceu e adiantou-se também na compra de um top e umas calças Jeans de cintura descaída para que a sua namorada, a Maria Barroso, possa começar a ir com ele de scooter pró Liceu.

domingo, novembro 20, 2005

Combate do milénio!

Faça já as suas apostas porque o combate do milénio será realizado já amanhã.
Cristo irá defrontar o Buda em país muçulmano e o anfitrião será o honorável Alá em pessoa (ou no que lá ele for).
Ao que se sabe, Cristo tem treinado arduamente sob as suas técnicas especiais e tem trabalhado bastante na arte do cajado. Já Buda tem meditado incessantemente e inclusivamente já foi enviada uma equipe de paramédicos para Lhe analisarem os sinais vitais pra ver se o "Bicho" ainda se encontra vivo.

Este é um combate que promete e por isso dê a sua importante contribuição com os seus telefonemas de valor super-acrescentado para o Tel. 321435526654.

ATENÇÃO: ESTE EVENTO NÃO TEM FINS LUCRATIVOS

(Todo o dinheiro angariado com este evento será directamente doado aos bolsos dos membros da SRT).

quinta-feira, novembro 17, 2005

Cristo Vs. Buda

Na sequência do recente interesse por Buda e pela nossa amizade de longa data com Jesus Cristo, resolvemos organizar o combate do milénio!

Cristo Vs. Buda

Estes dois conhecidos profetas foram convidados para um combate vale-tudo a ser realizado em lugar a designar pela SRT. Ambos aceitaram e passamos agora à apresentação dos dois lutadores.

Super poderes:
Cristo: Capaz de curar a cegueira, ressuscitar pessoas e andar sobre a água.
Buda: Capaz de iluminar o próximo, meditar durante dias a fio e comer 5 pratos de esparguete à Bolonhesa numa só refeição.

Pontos fracos:
Cristo: Cabelo comprido fácil de agarrar, pés descalços e órgão genital circuncisado.
Buda: Orelhas compridas fáceis de puxar, lassidão de movimentos e obesidade.

Armamento:
Cristo: Cajado de madeira.
Buda: Bugigangas de arremesso.

Apoiantes:
Cristo: Santos e Pescadores.
Buda: Eremitas e ascetas.

Inimigos:
Cristo: Romanos e Pecadores.
Buda: Anorécticos e chineses.

Técnicas de Combate:
Cristo: A parábola soporífera e a profecia assusta-mariquinhas.
Buda: O cliché foleiro e a meditação espanta-espíritos.

Estas são as características de cada lutador deste combate do milénio. Quem é que você pensa que poderá ganhar este combate?

Ligue já o 321435526654 e expresse a sua opinião.

terça-feira, novembro 15, 2005

Partidarismo Vs Budismo

É curioso o paralelismo entre o Budismo e o nosso Partidarismo.
Os quatro axiomas do Budismo, por exemplo, regem a conduta e a vida de qualquer Budista em busca da sua Iluminação e são eles tão semelhantes aos axiomas do Partidarismo que conduzem os nossos queridos políticos desde a mais imberbe idade à plenitude da sua Inutilidade.

Os 4 Axiomas fundamentais do Budismo (Os Quatro Selos) são:
  • Todos os fenómenos compostos são impermanentes.
  • Todos os fenómenos contaminados são insatisfatórios.
  • Os fenómenos são desprovidos de uma natureza dotada de existência intrínseca.
  • O Nirvana é a verdadeira paz.

Por outro lado, como todos sabemos, os 4 Axiomas fundamentais do Partidarismo são:

  • Todos os ideais compostos são impermanentes.
  • Todos os votos contaminados são satisfatórios.
  • As projectos eleitorais são desprovidos de uma natureza dotada de existência intrínseca.
  • O Parlamento é a verdadeira paz.

Et Voilá! Tão impressionantes que são estas semelhanças! Só falta agora mesmo é meter um Buda senil a Presidente...

quarta-feira, novembro 09, 2005

Viagens Alternativas SRT

A SRT inaugura esta semana a sua agência de viagens realmente alternativas.

Você considera-se um aventureiro? Você considera-se uma pessoa que gosta de se imiscuir com as culturas dos outros países? Você costuma dizer “ah... gosto tanto de viajar e conhecer outras realidades”? Então temos o que procura realmente e esqueça tudo o que até agora viu, porque com os nossos pacotes de férias tudo o resto irá parecer feito para mariquinhas-pés-de-salsa.

Pacotes de viagens inaugurais para pessoal com tomates:

  • 2 semanas em Bagdad com visitas diárias às regiões de prevalência Xiita com a oferta de t-shirts de uso contínuo com frases de engodo do tipo “I Love Bush” ou mesmo “Fuck Allah”. A adrenalina é garantida, caso contrário garantimos a devolução integral do seu dinheiro.
  • 7 dias em Jerusalém com direito a passe para Bus 24h/dia. Visita guiada à faixa de Gaza, sendo previamente implantados dois caracóis ridículos ao estilo Rabat e uma estrela de David tatuada na testa de cada viajante.
  • Viagem 2 semanas à Turquia com visitas guiadas ao Curdistão e outras tantas terras afins onde poderá cheirar in loco os famosos gases turcos. No final os viajantes poderão frequentar um curso de tortura interactivo com direito a certificado, mediante aprovação no exame final.
  • Fantástica viagem de 5 dias à Coreia do Norte onde irá participar numa pequena e solitária manifestação de direitos humanos e liberdade de expressão. Visita garantida às confortáveis celas dos prisioneiros políticos da região.
  • Fascinante viagem de 3 dias ao Tibete onde poderá participar num ritual Budista animado no final pelas famosas rajadas de tiro dos simpáticos militares chineses. Pode ter como opção extra uma visita guiada às aprazíveis salas da morte chinesas.
  • Inesquecível viagem radical de comboio de dois dias com partida na Argélia e chegada na Somália. Coletes à prova de bala incluídos no pacote.
  • Fim de semana em Paris onde a moda de estar mal com tudo e todos impera, com duas noites incluídas de actividades radicais, como o arremesso do cocktail molotov, o apedrejamento contra as autoridades policiais ou mesmo a bastonada no capot do peugeot. Como extra é possível passar uma tarde na Eurodisney onde será possível espancar as personagens mais animadas da Disney, como o Rato Mickey ou mesmo o Pato Donald engripado.

Aproveite já as nossas viagens e divirta-se como se não houvesse amanhã (até porque no seu caso é bem provável que não haja mesmo). Garantimos emoções fortes e real conhecimento do que é o mundo e a “humanidade” em que este se encontra

segunda-feira, novembro 07, 2005

A "escumalhada" anda atarefada...

A Agência Tusa apurou as razões de insatisfação de alguns cidadãos franceses denominados de "escumalhada" pelo Ministro da Imbecilidade e que deu origem aos tumultos recentes em diversas cidades de França:
Razões de insatisfação da "escumalhada":

  • A proibição do uso do véu nas escolas e a proibição da prática da dança do ventre nas aulas de inglês.
  • A proibição de sacrifícios aos Deuses de virgens adolescentes.
  • A proibição da punição da mulher adúltera por apedrejamento até à morte.
  • A proibição nos liceus da degolação dos colegas mais tótos e que ainda por cima são cristãos.
  • A falta de canais de televisão temáticos dedicados às minorias e que ensinassem coisas realmente úteis como fazer bombas caseiras e cocktails molotof.
  • O excesso de carros estacionados no passeio e a falta de camelos na via pública.
  • A violência dos polícias que têm a estúpida mania de se defenderem quando são atacados e que teimam em manter a ordem pública.
  • Na separação do lixo a "escumalhada" não é tratada como lixo autónomo e é muitas vezes misturada com outros detritos que são perigosos, como o vidro e o alumínio, sendo ignorada a identidade própria de um bom "escumalha".
  • A falta de integração de jovens delinquentes nos quadros superiores de magistratura.
  • A discriminação que existe em relação às pessoas que vivem a vida a estragar a vida dos outros.
  • A falta de compreensão que as pessoas têm em relação àqueles que lhes incendeiam os seus carros, lojas e casas.

sexta-feira, novembro 04, 2005

Os Trâmites da Sociedade

Criminoso - Epá cometi um crime e tou feito ao bife! o que é que achas que deva fazer?
Namorada - O melhor é ires ter com um advogado para que ele te ajude.

Criminoso - ...e foi isso que aconteceu Dr. Acha que me posso safar?
Advogado - Acho que é difícil, mas o melhor é alegar insanidade mental. Vá ter com este médico e fale com ele.

Criminoso - ...e daí eu estar aqui Dr. O que é que acha que eu deva fazer?
Médico - Isso agora só lá vai com umas injecções! Injecções de imunidade parlamentar! Vá ter com um amigo meu que é deputado e ele explica-lhe o que deve fazer.

Criminoso - ...e por isso aqui estou eu a falar consigo. O que devo fazer agora?
Deputado - Bom meu caro, o facto de ser um criminoso já é um bom começo para se tornar num político de sucesso, mas sabe que não chega!... Vou ter de lhe administrar umas injecções de imunidade parlamentar, mas olhe que vai ter os seus efeitos secundários... vai passar a andar com um ridículo sorriso amarelo o dia todo, vai deixar de ter amigos, vai deixar de poder falar de uma forma coerente e perceptível, vai deixar de poder fazer qualquer coisa decentemente, vai perder qualquer aptidão e conhecimento técnico e vai ficar impotente.

Criminoso - ...e foi assim que eu cometi o crime!...
Juiz - Ah pois... mas isso agora não pense que se resolve assim sem mais nem menos. As coisas levam o seu tempo, não são feitas de um dia para o outro. Bom... o melhor é voltar cá daqui a uns dois anos porque amanha faço greve, depois chegam os meus dois meses de férias e entretanto irei estar de sabática durante um ano e tal para me debruçar sobre a problemática da morosidade na resolução de processos penais.

Criminoso - ...e por isso sinto-me tão culpado... o que devo fazer?
Padre – O melhor é rezar umas dez Ave Marias e catorze Pais Nossos.

Criminoso - ...e não consigo ultrapassar este sentimento de culpa!...
Psicólogo - ...lembre-se que a culpa é da infância descuidada e da desatenção dos seus pais em relação a si. Você não tem culpa do que fez!...

Criminoso - ...vocês são os culpados, por isso o melhor é irem procurar um advogado!
Pais – e o que é que disse a tua namorada?

quinta-feira, novembro 03, 2005

Entrevista ao Daffy Duck



A SRT tem o orgulho de publicar uma entrevista exclusiva com o protagonista principal da nova telenovela da Globo "A Gripe das Aves". Daffy Duck é a ave mais popular do mundo e foi há cerca de 3 anos atrás desafiado para participar no mega-sucesso "A Gripe das Aves". A sua popularidade tem vindo a aumentar ainda mais desde então.

SRT - Daffy Duck como é que sente depois do estrondoso sucesso da novela “A Gripe das Aves”?
Daffy Duck (DD) – snif... bem... sabe... é que eu vivi todo este suceso bem de perto. Sinto-me inchado de orgulho, mas tento não deixar que a febre do sucesso me afecte....Atchim!
SRT – Santinho!
DD – Obrigado! Snif...
SRT – Foi muito desgastante participar nesta novela?...
DD – Foi de facto. Snif... Eu já fazia novelas em Portugal há algum tempo e não recusei este projecto com a Globo. Não me arrependo, mas foi cansativo. Agora devido ao cansaço sinto fortes dores nas articulações e nos músculos. Chego a ter dores de cabeça, diarreias e convulsões... argh...
SRT – Pois... falando do seu percurso em Portugal, o Daffy Duck começou por fazer de modelo e mais tarde por volumosos blusões da moda. Como é que foi a sua carreira como modelo?
DD – Foi interessante! Atchim! mas teve as suas mazelas... snif...
SRT – Como assim?
DD – Bom... Argh... desde os desasseis anos que comecei a ver patas modelos despidas à minha volta antes das passagens de modelos e por isso ver hoje em dia uma pata nua à frente já não me estimula... aborrece-me até...
SRT – A sério? Mas já não gosta de patas?
DD – cof! cof!... não é isso! Continuo a gostar muito de patas, mas já não me excitam como dantes... snif...
SRT – E em relação ao eventual relacionamento que teve com a actriz Margarida e os desentendimentos com o produtor Donald, são meros boatos ou existe algum fundo de verdade nisso?
DD – A Margarida é só uma amiga muito especial e todos sabem que mantenho as melhores relações com o Donald. Argh... Ainda a semana passada ele esteve de quarentena e eu fui visita-lo. Aproveitei para lhe oferecer um ramo de Tamiflus, que são flores muito bonitas do Brasil. Cof! Cof...
SRT – E quanto ao fim da novela “A Gripe das Aves”, pode-nos contar como vai acabar?
DD – cof... cof... (ataque de tosse convulsiva)

Infelizmente o Daffy Duck teve de ser hospitalizado antes de poder responder à nossa última questão. Felizmente os responsáveis médicos pelo hospital já declararam que o Daffy Duck não tinha nada demais, mas pelo sim pelo não iriam ordenar o seu abate. Enfim, um fim trágico na carreira promissora de mais um jovem pato.

terça-feira, novembro 01, 2005

Os Juizes de Guimarães são Fixes!

Exmo. Sr. Meritíssimo Juiz – Dra. Felgueiras, a Dra. está enterrada em 30 e tal processos que se sustentam em fiáveis testemunhos, provas irrefutáveis e escutas telefónicas. Na gíria popular poder-se-ia dizer que você está feita ao bife!
Dra. Fátima Felgueiras – Oh Exmo. Sr. Meritíssimo Juiz faça o favorzinho e esqueça lá isso. Ignore essas bobagens todas. Já tá enchendo o saco né!
Exmo. Sr. Meritíssimo Juiz – Dra. Felgueiras é óbvio que por uma questão de ética não poderei ceder ao seu pedido.
Dra. Fátima Felgueiras – Oh Meritíssimo... mas seria tão bacano se você desse um jeitinho, você seria mesmo fixe!
Exmo. Sr. Meritíssimo Juiz – Você acha mesmo Dra.?
Dra. Fátima Felgueiras - É isso aí! Puxa a vida... claro que acho! Pô seria mesmo muito legal se você cancelasse essas bobagens todas...
Exmo. Sr. Meritíssimo Juiz – Mas são tantas provas e testemunhas contra você...
Dra. Fátima Felgueiras – É... mas essas testemunhas são babacas, são cafagestes! Já você é um bacana cara! Você é um meritísimo muitíssimo fixe!!
Exmo. Sr. Meritíssimo Juiz – Pô sendo assim vou já cancelar isto tudo! Pô eu sou fixe, não axa Dra?
Dra. Fátima Felgueiras – Graças a Deus meu irmão, Graças a Deus!

sábado, outubro 29, 2005

Coitadinhos do Milionários

É tão bonito ver o PSD preocupar-se com os mais desprotegidos e os mais oprimidos da nossa sociedade. Desta vez, o PSD insurgiu-se contra a nova lei de pensões que impõe um horrível plafond máximo de 7000 euros. É muito triste ver os milionários que ganham fortunas uma vida inteira (a maior parte das vezes à custa dos ordenados miseráveis dos outros) ficarem de repente limitados a míseras pensões de 7000 euros. Que horror! Como é que estes coitadinhos irão sobreviver??
Esta situação é escandalosa e ainda bem que temos partidos como o PSD que mesmo em situações de deficit e ruína financeira do país nos alertam para estes casos escabrosos e batalham pelos que mais precisam.
Obrigado Sociais Democratas! Um bem haja em nome da SRT.

sexta-feira, outubro 28, 2005

A Justiça é Cega que nem um Corno!

Ora aí está mais uma prova justa de que a justiça em Portugal é uma injusta bosta.

É engraçado, como numa sexta-feira, se juntam 13 malandrecos, que pelos vistos também são Juízes nos tempos livres, para resolver interpretar a constituição como forma de decidir se o referendo sobre o aborto pode ser ou não efectuado.

O resultado?
Abortaram o referendo sobre o aborto!
É engraçado como estes meritíssimos senhores se distribuíram de forma tão isenta (tal como lhes é exigido deontologicamente na sua conduta profissional). 7 votos contra o referendo e 6 a favor (dito de outra forma pra confundir os mortais - 7 votos a favor da inconstitucionalidade e 6 a favor).
É engraçado como os 6 votos a favor do referendo foram provenientes de Jjuízes ligados ao PS enquanto os restantes votos foram provenientes de pessoas* ligadas à direita portuguesa (que está à rasca com a possibilidade do povo português ter evoluído ligeiramente ao ponto de mudar a sua opinião em relação à lei do aborto).

Portanto, recapitulando...
Estes senhores Juízes, que se reuniram com o intuito de objectivamente e imparcialmente interpretar os factos e a Constituição, simplesmente deram o seu parecer conforme a sua tendência ideológica** e política. É engraçado que estas abécolas recebam dinheiro do estado pra no fundo fazer aquilo que uma mera calculadora de bolso poderia fazer.
Viva a Justiça em Portugal, Vivam os Juízes e Viva a greve protagonizada pelos mesmos!!



* está aqui uma imprecisão! não são pessoas, são juízes (cegos que nem morceguinhos).
** lá está! outra imprecisão! “tendência ideológica” implica ter ideais, o que não nos parece ser coisa que estes meritíssimos possam ser, até porque eles são cegos que nem portas.
*** É vergonhoso que tirem os 2 meses de férias e mais uma tantas regalias aos meritíssimos. Por nós estes senhores deveriam ter direito a 12 meses de férias sem vencimentos e se possível desfrutadas em paraísos da Justiça, como o Irão ou a Coreia do Norte.

quinta-feira, outubro 27, 2005

Presentes que valem a Pena!!

A SRT quer fazer as pazes com alguns ilustres elementos da nossa sociedade. Têm sido várias as acusações endereçadas à SRT e por isso queremos fazer as pazes. É o caso do Avelino Torres que visou o Engenheiro Mota como forma óbvia de melindrar a SRT*
Neste sentido, vamos antecipar um pouco o Natal e oferecer uns agradáveis presentes a cada pessoa com quem gostaríamos de nos redimir. Eis a nossa lista de presentes a enviar ao domicílio de cada pessoa:

1 casal de gansos patolas para o Valentim Loureiro, duas (ou mais) pombas a voar para o Sócrates, 1 popa para o Fernando Gomes, 4 pavões em incubadoras para o Santana Lopes, 1 par de pegas rabudas para o Paulo Portas, 1 canário anão para o Marques Mendes e um rouxinol para o Marcelo Rebelo de Sousa, 1 papagaio do Niterói para a Fátima Felgueiras, 1 Corvo para o Carrilho e 1 pato gigante para o João Soares, dois abutres dos Alpes Suíços para o Isaltino Morais, 1 galinha e um peru para cada deputado do nosso querido parlamento e 1 galo de Barcelos para o João Alberto Jardim.


Estes animais de estimação são para manter na casa de cada presenteado de forma a manterem uma relação o mais próxima e intima possível e sabe Deus (e quem nos conhece) que fazemos figas para que estes animais não estejam infectados com a Gripe das Aves.

Por falar em gripe, não perca o próximo post onde iremos divulgar uma entrevista exclusiva feita à ave mais conhecida do planeta – o Duffy Duck!


* Para os mais ignorantes o Engenheiro Mota é um dos clientes mais frequentes do nosso patrocinador, o www.keresputas.com

terça-feira, outubro 18, 2005

Pleonasmos a bem da Nação!

O luto tá feito e agora é preciso é avançarmos prá frente!
Para tal nada como organizar um concurso para animar a malta.

A SRT apela à participação de todos no fantástico concurso:

"Um Pleonasmo pra ti um Silogismo pra mim e a vida sorri"

Para os mais desatentos, um pleonasmo é uma figura de estilo que recorre ao emprego de palavras que parecem desnecessárias por repetirem ideias, mas que servem para dar mais força expressiva à coisa. Exemplo: “vi com os meus próprios olhos”. Por outro lado, um silogismo, do grego συλλογισμό, trata-se de uma dedução formal que, a partir de duas proposições chamadas premissas, se obtém uma conclusão necessária.

Exemplo clássico do silogismo dado por Platão:
Todo homem é mortal.
Sócrates é homem.
Logo, Sócrates é mortal.

Este concurso procura o pleonasmo ou o silogismo que melhor retrate o nosso país.

Exemplos de pleonasmos dados de borla pela SRT:
- Portugal é dos Portugueses!
- O Aeroporto da Portela tem excesso de tráfego aéreo e o da Ota tem excesso de tráfego de influências


Exemplos de silogismos dados de borla pela SRT:
Todo o político é mortal.
Sócrates é político.
Logo, estamos todos à espera!*

Portugal é regido por interesses.**
Os interesses não estão interessados em Portugal.
Logo, interessantemente Portugal está na merda.

Estão a ver? é tão simples!, por isso toca a participar!
O vencedor irá ganhar uma viagem de ida e volta à terra dos pleonasmos e dos silogismos viciados - A nossa Assembleia da República. Aí o nosso vencedor poderá ver com os seus próprios olhos autênticas pérolas de recursos estilísticos e criativos silogismos adulterados a brotarem ininterruptamente pela boca daqueles políticos imbecis ***.


* Esta era a brincar, era só para rimar! na verdade o silogismo termina com “Logo, Sócrates é mortal”.
** De notar a perfeita conjugação de um pleonasmo com um silogismo, já que é desnecessário repetir a ideia de que Portugal é regido por interesses. A palavra Portugal nesta altura do campeonato já nos diz tudo.
*** lá está! mais um pleonasmo!

quarta-feira, outubro 12, 2005

Período de Luto

A SRT está em período de luto como resultado da trágica morte da Decência Portuguesa.
A Decência Portuguesa era uma pobre velha que já há algum tempo andava debilitada. Coitada!
Vivia no lar de terceira idade Pocilga & Filhos, Lda. lá prós lados de Linda-a-Velha e queixava-se muito de ser enxovalhada pelos outros velhotes*. Coitada!
A Decência Portuguesa foi responsável por grandes feitos feitos cá em Portugal. Feitos esses, que bem ou mal feitos, infelizmente pareciam ser sempre rarefeitos. Coitada!
Muito fez a Decência Portuguesa por este país...

A Decência Portuguesa fez o Guterres desistir do festival da canção nas primeiras eliminatórias. A Decência Portuguesa pôs o Durão daqui pra fora. A Decência pôs o Cavaco na Docência e o Mário Soares a apanhar conquilhas no Alvor.
A Decência Portuguesa fez pois muito pelo nosso país, mas mais não vai poder fazer. Coitadinha!

A Decência Portuguesa patinou este fim de semana vítima de maus tratos acumulados.
“É indecente a forma como a Decência Portuguesa andava a ser tratada” - referiu o médico responsável pela sua saúde enquanto esperava pelo avião com destino a um congresso nas Caraíbas sobre "A Saúde Portuguesa** - que Futuro?".

A SRT declara luto portanto durante este período que intervalará o circo das Autárquicas e o circo das Presidenciais, talvez passando ainda pela feira dos referendos, onde a democracia participativa atingirá o seu clímax – o momento em que a Burrice Portuguesa*** poderá agir livremente.


* O Mário Soares era um deles!
** A Saúde Portuguesa era room mate da Decência Portuguesa.

*** A Burrice Portuguesa faltou ao funeral da Decência Portuguesa. Enganou-se no cemitério e andou a chorar uma tarde inteira na campa errada.

A SRT recomenda novamente...

Aproveite já e encomende o seu primeiro volume das autobiografias dos nossos quatro Super-autarcas.

Ligue Já!! Tel. 9243253546436

E se a sua chamada estiver entre as dez primeiras receberá também em casa sem qualquer encargo adicional um exemplar do "Manual do Bom Samaritano" escrito pelo próprio Bono Vox.

terça-feira, outubro 11, 2005

"Hoje encontrei por sorte duas Maracas de Sangue. Fiquei tão contente que decidi logo tocar um chá chá chá. Adoro chá chá chá. Também gosto de salsa & merengue, mas para ajudar na digestão não há melhor que um chá chá chá. Porém, infelizmente vim a descobrir da pior forma possível que afinal não se tratavam de Maracas de Sangue, mas sim duas Marcas de Sangue. Sempre tive a mania de colocar um "A" onde ele não existe, mas hoje julgo ter ido longe de mais. Fiquei não obstante impressionado como uma Marca de Sangue pode tão bem ser confundida com uma Maraca de Sangue. Fiquei também assustado como esta propriedade se poderia tornar perigosa caso fosse usada por um ditador qualquer da América Latina. Sabendo disso apaguei as Marcas de Sangue e segui caminho, consciente da vital importância desse acto na perpetuação da paz no mundo Ocidental."

Este texto foi retirado de um diário de um indivíduo anónimo que mistura tímidas doses de fluoxetina com generosas dosagens diárias de puro aborrecimento de rotina de um trabalhador cumpridor.

sábado, outubro 08, 2005

Princípios?! Isso já lhe passa!

- Doutor por favor ajude-me!
- Então mas conte lá... qual é o seu problema homem?
- Doutor, sabe... acho que estou com princípios...
- Princípios?! princípios de quê?
- Princípios de moral, ética... eu sei lá!
- É pá! isso é que é pior, mas o que é que sente?
- Eu ando cansado, com insónias e não consigo manter um emprego durante muito tempo...
- Mas uma coisa de cada vez!... o que é que lhe aconteceu no seu último emprego por exemplo?
- Bom, eu discordei com o despedimento de uns colegas lá da empresa e contestei a decisão de tal forma que também eu acabei por ser despedido.
- Pois isso é mau!
- Noutro emprego recusei executar uma ordem que iria pôr em causa a segurança dos clientes e...
- É lá, você é um caso perdido homem!
- A sério Doutor? Não me diga isso!
- Vá vamos ter calma, tou aqui para o ajudar. E prontos!
- Sim Doutor! Oh Sim!
- Você está com...
- Oh sim Doutor! Diga! Diga! Oh!...
- Você está com Escrúpulos! Escrúpulos Homem! Escrúpulos! E prontos!
- Escrúpulos?! Ai Doutor, não me diga que é pior do que eu esperava!
- Efectivamente, Escrúpulos é uma doença grave muito rara, principalmente em Portugal, e que apesar de não ser contagiosa é muito perigosa, podendo mesmo em alguns casos ser fatal.
- Fatal?! Ai Doutor, ai a desgraça que se chega a mim!
- Tenha calma senhor, que isso tem cura! Acalme-se!
- Cura? O seu Doutor disse cura?
- Sim! É que apesar de grave, esta horrível doença passa facilmente. Tem é de ser curada o mais rapidamente possível.
- Oh! Cure-me Doutor. Cure-me Doutor por favor!
- Olhe para ficar curado, você vai ter de primeiro trabalhar durante uns tempos numa Câmara Municipal e envolver-se em negócios escandalosos de corrupção, pecolato, fraudes fiscais, trafêgo de influências e...
- Oh!...
- E portanto vou ter de lhe prescrever uma cunha! Uma cunha meu senhor!
- Uma cunha?! Oh meu Deus, mas isso é contra os meus princípios!
- Mas afinal quem é o médico aqui? Olhe que com Escrúpulos não se brinca! Você quer ficar curado ou não?
- Claro que sim Doutor! Claro que sim...
- Então vai ter de fazer o que eu lhe disser e receitar, e prontos!
- Tá certo! Tudo o que o Doutor disser...
- E depois de trabalhar durante uns tempos como autarca e se enrolar em negócios escuros com os tubarões da imobiliária, venha cá ter que passamos ao passo seguinte.
- E qual é o passo seguinte?
- Uma coisa de cada vez senhor! Só lhe posso dizer que vai implicar algumas idas e estadias ao Brasil, e prontos!
- Tá bem Doutor!
- Vá! Vá-se lá embora e tenha esperança que o senhor vai ficar curado num instante...
- Que bom Doutor!... Que bom!...
- E agora passe pra cá o dinheirinho da consulta e nem pense em pedir-me recibo!
- Ah! mas isso é contra os meus princípios Doutor!
- Mau! Mau Maria!...

quinta-feira, outubro 06, 2005

Em Defesa da Nogueira!

A SRT está chocada com a insultuosa adulteração sofrida pelos cartazes de campanha de Maria José Nogueira Pinto (que é tão charmosa e tem um nome tão bonito!). Por todos os cantos de Lisboa se encontram cartazes com a cara da candidata totalmente distorcida e a própria mensagem também ela corrompida. Curiosamente o que mais caracteriza a candidata não foi modificado e aquele olhar társio hipnotizante de olhos bem abertos e boquinha de boneca apertadinha permaneceu para vigiar e enfeitar todos os lisboetas.
A SRT apela à verdade e vem com este post mostra o cartaz original e genuíno da candidata que tanto faz pela vida (seja ela embriões, óvulos, espermatozóides ou mesmo folículos capilares à beira do suicídio).

O cartaz adulterado que está espalhado por Lx:



O cartaz original e genuíno:

A bem da verdade,

a Sociedade Recreativa Tralala, SA.

quarta-feira, outubro 05, 2005

Correspondência Divinal

A SRT mantém relações estreitas com as individualidades e as divindades mais influentes do mundo e talvez mesmo da Região Autónoma da Madeira. A SRT, no contexto da sua preocupação com o rumo da Humanidade, escreveu uma carta a Jesus Nosso Senhor.

A nossa carta:

“Caro Exmo. Sr. Jesus Cristo Nosso Senhor,
A SRT, apesar de fazer enormes esforços na mudança desta sociedade, anda preocupada com o rumo das coisas por estas bandas. Nesse sentido gostaríamos de lhe perguntar o seguinte:
Porque raio não volta a este planeta para ver se nos endireita de uma vez por todas?
Com os nossos melhores cumprimentos,

A Sociedade Recreativa Tralala, SA.”

A carta de resposta foi rápida a chegar:


“Caros membros da SRT,

Com muito gosto recebo uma carta vossa. Já há algum tempo que não falávamos e por isso a saudade já apertava um pouquinho.
Antes de mais, acho que já é tempo de me tratarem por tu e deixarem de me tratar por Exmo. Sr. Jesus Cristo Nosso Senhor! Que raio de tratamento é esse? Parece que tão a falar com o Papa! Já nos conhecemos há algum tempo, por isso deixem-se de tretas e tratem-me só por Jesus, ok? Além disso, se é para me tratarem com formalidade então tratem-me por Exmo. Sr. Professor Doutor Jesus Cristo, já que recentemente recebi um Doutoramento Honoris Causa pela Universidade Católica de Lisboa...
Adiante, quanto à vossa pergunta, embora seja deveras ridícula e nem lembre ao Diabo, uma vez que a resposta é tão óbvia, irei, por respeito à nossa chegada amizade, sumariamente enumerar algumas das razões que me levam a não voltar a pôr os pés aí em baixo.

Se eu voltasse a Jerusalém com barbas compridas e com o aspecto chunga que tão bem me caracteriza, rapidamente seria eliminado com um míssil Israelita made in USA.

Se há dois mil anos ainda era estúpido suficiente para acreditar na vossa espécie, agora felizmente já não o sou! Agora acredito mais em ornitorrincos e cães da pradaria.

As minhas parábolas com figuras romanas e hebraicas que andam descalças com a bilha de água e o burro ao lado estão muito desactualizadas, porque agora eu teria concerteza de usar parábolas tolas com personagens americanas do estilo: “A Bonnie, cheerleader do liceu, apaixonou-se pelo Bob, capitão da equipe de futebol americano e que tem um par de ténis lindo da Nike, mantendo-se casta até ao seu segundo date porque estava com o período no primeiro encontro e por isso... blá... blá... blá”, enfim... esse tipo de parábolas não é o meu forte e por isso eu não iria mesmo ter nenhum impacto na opinião pública.

Tenho medo de por azar e engano me cruzar nas ruas com o Alberto João Jardim.

Quando chegasse o momento do meu sacrifício em prol da humanidade as coisas já não teriam o mesmo carisma de há dois mil anos atrás, pois se na altura a crucificação era moda, agora nos tempos que correm eu seria electrocutado algures no Texas com o ruído longínquo de uns manifestantes pró-vida a serem espancados por outros pró-morte.

Em vez de burro teria de me mover de Cadillac ou limusina para despertar a atenção dos transeuntes. Ora sendo eu carpinteiro e filho de carpinteiro jamais teria, à luz do sistema capitalista neo-liberal*, carcanhol suficiente para suportar tais despesas de transporte. É certo que poderia antes ser milionário filho de milionário, mas acho que depois a minha mensagem ao mundo não se coadunava com a riqueza que iria ostentar, e isso já se verificou que não resulta - basta olhar para o caso do Vaticano!***

Recuso-me a partilhar o mesmo ar que o Avelino Ferreira Torres respira****

No fundo, a questão é esta – Não há milagres que cheguem para salvar a Humanidade, não há Messias com poder suficiente para abrir os olhos ao Homem, para minguar o seu egoísmo ou polir a sua vaidade. Vocês são burros que nem cornos e basta! Autênticos protótipos do erro fatal do processo da Criação. E não querendo ofender claro... vocês não são flores que se cheirem.

Atenciosamente,

JC

Moral da história: A humanidade não interessa nem ao Menino Jesus!

* Esta deixa foi o Cunhal que Lhe ensinou.
** Ser milionário é um pouco como ser carpinteiro, minguem percebe como é que o móvel apareceu um
*** Vaticano é um cunhado de Jesus que tentou vir à Terra imitar o Messias, mas de uma forma ostensivamente luxuriosa e que foi um fracasso que acabou apenas por convencer uns tantos patos e umas tias de Cascais.

**** Ok, ok!! Esta alínea foi inventada pela SRT. Não resistimos.

terça-feira, outubro 04, 2005

O Ouriço Cacheiro Picard

O ouriço cacheiro Picard era em tudo igual aos outros ouriços cacheiros da sua espécie. Tinha porém uma única e singela diferença que o distinguia dos outros – tinha um apetite sexual voraz!
Picard adorava ver os espinhos salientes das apetitosas ouriças (que eram tão roliças!), capazes de arrepiar o pêlo a qualquer gajo. Todavia, na espécie dos ouriços cacheiros existe um inato anti-conceptivo - o mais espinhoso dos contraceptivos alguma vez concebidos! – São aqueles espinhos que tiram a vontade a qualquer um!... a qualquer um excepto ao ouriço cacheiro Picard, pois não havia espinho que lhe beliscasse a sua vontade feroz de ter relações sexuais com aquelas deusas espinhosas. Aliás aqueles espinhos longos e protuberantes espicaçavam-lhe ainda mais a sua colossal vontade de perfurar.
Picard resolveu explorar o mundo em busca da parceira ideal que lhe desse o que ele queria - relações sexuais de noite e de dia!
Picard não conseguia fazer amigos e muito menos amigas. Sempre que travava conhecimento com alguém não tardava em lhe saltar à espinha. Claro está, que é impossível ter qualquer tipo de relacionamento sexual com uma bola de espinhos, da mesma maneira que é impossível fortalecer uma amizade onde o interesse de um é o oposto do outro.
“Dás me cá uma pica!” – sussurra Picard ao ouvido de uma ouriça choriça.
“Oh!” – indignou-se ela tal fora o seu espanto. – Que grande ordinário!!* Picard explorou duas vezes o mundo, o que a passo de ouriço custaria cinco ou seis vidas de ouriços cacheiros não fosse a sua vontade sexual inesgotável lhe fornecer uma vitalidade interminável.
O nosso ouriço não pensava noutra coisa. Sexo e mais sexo, nada mais lhe percorria o encéfalo. Sexo e mais sexo da ponta de um espinho do cu até à ponta de um espinho da fuça. Tudo lhe fazia lembrar ouriças roliças e o único dia em que teve algum sucesso com uma parceira submissa rapidamente se apercebeu de que afinal nada mais se tratava do que de uma castanha tesudíssima. Ficou todo picadinho e nem sequer um orgasmo ele teve (consta que a castanha também não).
Se ao menos o coitado do Picard se pudesse masturbar podia ir para detrás de uma sebe ver as ouriças a tomar banho, molhadas e sensuais, e relaxar e viajar um pouco entre a observação, a imaginação e a auto-satisfação. Mas não!, a sua anatomia não lhe permitia a auto-sodomia (Raios! o criador não havia sido gentil na sua concepção).
Como já foi dito o ouriço pensava pouco. Tudo lhe fazia lembrar o mesmo e tudo lhe fazia pensar no mesmo (até a caruma espalhada no chão por debaixo de um pinheiro o excitava – que espinhos magníficos!). Porém, farto de não encontrar uma companheira à altura, teve uma ideia genial: não vai a bem, vai a mal!**
Picard resolveu então improvisar um género de umas cordas, feitas com uma espécie de algodão, e então, depois de ter as cordas prontas, pegou na primeira ouriça que viu à frente e atou-a contra um chorão***. E, de ventre para ventre, picou a ouriça durante dois dias e três noites a fio. Perfizeram juntos**** cerca de quatrocentos e trinta orgasmos. A ouriça também desfrutou daquela relação, mas talvez aqueles gemidos não fossem de prazer mas antes de aflição.
Picard viveu assim o resto da sua vida usufruindo do prazer sexual da violação animal, percorrendo o mundo com as cordas às costas como única bagagem essencial para os seus fins e pecaminosos propósitos.

* O Carmona Rodrigues plagiou a sua deixa preferida ao mundo dos ouriços, que são exímios no insulto e na moral.
** Esta ideia criminal não é original no mundo do homens perversos, mas inteiramente revolucionária no mundo dos cândidos ouriços cacheiros.
***O chorão é uma espécie de árvores muito dada à cumplicidade da criminalidade.
**** Atenção que os da parte da ouriça podem ter sido fingidos.

segunda-feira, outubro 03, 2005

O Coala Mais Querido do Mundo


Ortuala era um coala que detestava ser querido, mas ele era tão querido tão querido que dava tusa de tão querido que era.
Ortuala não conseguia arranjar uma namorada que o achasse outra coisa que não querido. Nem sequer giro as coalas o achavam, ele era querido e pronto.
“Ele é tão querido!” sussurravam umas coalas para as outras.
“Raios as partam! Querido?! os tomates! Vão chamar querido aos paizinhos, sua putas*!”, praguejava o Ortuala.
Claro que até a irritação mais genuína do coala não resultava, pois as coalas ainda ficavam mais em polvorosa quando ele ficava com os pelo eriçados de tanto ira. Quando se irritava a sua face ficava mais rubra e as patinhas ficavam cerradas, mas sempre tão querido, era tão querido!...
O coala estava desesperado com aquela inata condição a que aos poucos criou uma autêntica aversão.
Ortuala pura e simplesmente não queria ser mais querido, mas o pior é que cada vez estava mais querido e nem a idade o poupou, até os pêlos brancos da velhice lhe punham um ar mais fofinho, enfim uma verdadeira ternura.
Uma ternura de meter raiva ao coelhinho da Pascoa.
Todos os anos o coala Ortuala ganhava o prémio máximo da sua espécie – o distinto prémio internacional “Sweet Koala´s Contest”.
Todos os anos o coala Ortuala não comparecia na famosa gala dos coalas para receber o seu meritíssimo merecidíssimo galardão de “O Coala Mais Querido do Ano”.

Era o ano 1024** e mais uma vez Ortuala iria a vencer a categoria de “O Coala Mais Querido do Ano***”.
Ortuala não aguentava viver mais naquela angustia de ser aquilo que mais detestava ser. Para ele, aquilo era como galardoar com prémios de fealdade o texugo mais feio do mundo. Não, Ortuala não iria mais uma vez consentir que o homenageassem por ser querido, mesmo que para a maioria dos animais isso fosse considerado uma coisa boa. O que interessava era o que ele sentia**** e Ortuala não mais queria ser querido.
Porém, no ano 1024 da contagem dos coalas, Ortuala foi em palco receber o prémio a que tinha sido mais uma vez eleito.
Pomposa cerimónia aquela. Só coalas vips, modelos coalas, coalas do jet set, enfim..., coalas inúteis vindos de todos os cantos da Austrália.
Ortuala vestiu-se a rigor. Com laçarotes nas orelhas e molas no rabinho, chegara a hora de Ortuala receber o prémio. Todos os coalas da plateia se prontificaram em bater as patas como sinal de ovação (um acto mesmo tolo, até para um coala).
Ortuala estendeu a pata para receber o galardão feito de folhas de eucalipto comprimido e que representava um coala em miniatura (os coalas são bichinhos muito pouco imaginativos).
Ortuala estendeu o galardão ao alto, bem ao alto, como se fosse um acto de auto contemplação. A audiência estava histérica tal a intensidade do momento, afinal de contas já tinham passados muitos anos sem que Ortuala fosse em palco receber o prémio que há tanto tempo tinha direito. As coalas mais sensíveis apertavam as suas cloacas de modo a conter as lágrimas mais atrevidas.
Ortuala observou a multidão que aplaudia freneticamente de pé, emocionadíssima. Observou a alegria dos músicos que iniciavam um hino especialmente para aquele momento único – “A Cloaca do Coala”.
De facto, aquele era um momento único no mundo dos coalas...
Ortuala estendeu então o braço bem alto, o mais alto possível, olhou fixamente para o prémio e de uma só vez esborrachou a cara de encontro ao prémio de “O Coala Mais Querido do Ano”. Ortuala esquartejou a sua cara com gosto e empenho perante a multidão que se encolhia para dentro da sua aflição. No palco ficaram espalhados pedaços de coala querido e consta que a partir desse momento Ortuala nunca mais foi nomeado para a categoria de “O Coala Mais Querido do Mundo”.

* Atenção que para os coalas putas significa raparigas mais novas ou imaturas.
** Os coalas têm um calendário distinto do nosso calendário gregoriano. O seu primeiro ano foi marcado pelo nascimento do grande Deus dos Coalas – O Calá, o Grande.
*** Para os coalas o Mundo é a Austrália e o sol roda em torno da Austrália. No ranking do conhecimento retrógrado os coalas estão no topo, logo a seguir aos católicos conservadores.
**** obviamente que o que interessava aos demais coalas não era o que ele sentia mas sim o que eles achavam ou queriam que ele sentisse.

sábado, outubro 01, 2005

Conversas do Surre e Al

O Surre e Al são dois esquilos. Parentes próximos do Tico e do Teço e muito parecidos em termos anatómicos, embora sejam os primeiros considerados como mais fofinhos que os segundos. O Surre e Al juntam-se de vez em quando para dialogarem sobre questões do dia a dia de qualquer esquilo. A SRT colocou escutas junto aos castanheiros destes dois fofinhos esquilos, uma vez desconfiar de envolvimento em tráfego de influências e abuso de fofura. Eis o resultado de algumas dessas escutas:

Escuta nr. 1
Surre - Sejamos realistas. O real não existe!
Al - Fantástico!

Escuta nr. 2
Surre - Antes de mais quero ter menos!
Al - Para quê?
Surre - Homessa!, para ter muito mais!

Escuta nr. 3
Surre - Porque é que os esquilos que são folgados monetariamente pensam que os esquilos à rasca monetariamente são necessariamente burros, fracos ou inferiores, quando maioritariamente a riqueza é gerada após a pré-existência de riqueza?
Al - Porque são burros, fracos e inferiores?!
Surre - Muito bem!

Escuta nr. 4
Surre - Sensações pagãs são quase sempre pagas e nem sempre as sensações pagas são pagãs, não é?
Al - É!
Surre - Isto é claramente sintomático de algo de podre na nossa espiritualidade, não é?
Al - É! Os nossos corpos e almas estão igualmente corruptos...
Surre - Não, não é! Errado!... Isto quer apenas dizer que existe alguma espiritualidade nas nossas podres vidas, apenas isso.

Escuta nr. 5
Surre* - Porque raio existem línguas diferentes?
Al - Para haver uma maior distância entre os esquilos, é óbvio. Para haver incompreensão, ignorância e submissão à presente condição. E quem diz línguas, diz discursos...
Surre - Não compreendo!...
Al - Tás a ver!

Escuta nr. 6
Surre - Seria possível tornar tudo possível?
Al - Não! Seria impossível tornar tudo possível!
Surre - Mas é possível tornar tudo impossível?
Al - Possivelmente sim!
Surre - Porquê?
Al – Não me é possível explicar-te isso agora, é me simplesmente impossível...

Escuta nr. 7
Surre** - O que é melhor: o Poder a corromper o Esquilo ou o Esquilo a corromper o Poder?
Al - Podes repetir a questão?
Surre - Poder até posso, mas não quero!

Escuta nr. 8
Surre*** - O ciúme é como o álcool para um condutor, oculta-o da realidade.
Al - Pois bem!... e a traição é uma lixada operação STOP!

Escuta nr. 9
Surre - A morte acidental é um game-over inesperado e por isso absolutamente injusto.
Al - E o suicídio é uma grandessíssima batotice!

Escuta nr. 10
Surre - Se uma verdade pode esconder outra verdade, então o que é realmente a verdade?
Al - Julgo que te iria mentir se te fosse a responder a essa questão!

Escuta nr. 11
Surre**** - Seria bom podermos escolher a forma de morrermos, não achas?
Al - Se quiseres mato-te da forma que preferires!

Escuta nr. 14
Surre***** - Há certas pessoas que não deveriam de existir, no entanto, caso se eliminasse essa existência, fazendo bem as devidas subtracções, tornar-se-ia inviável a perpetuação da espécie humana, na medida em que o seu efectivo reprodutor revelar-se-ia demasiado pequeno para tal.
Al - Oh, que infâmia!...

* Para os mais ignorantes fica a informação que os esquilos contam entre os animais detentores do maior número de línguas diferentes.
** Para os ignorantes de novo – os esquilos são poderosíssimos e têm muita influência no mundo dos bosques escandinavos.
*** Claro que o Surre devia estar embriagado quando disse isto, pois como toda a gente sabe os esquilos não conduzem.
**** Os esquilos são animais com conhecidos instintos suicidas. Sem razões aparentes lançam-se muitas vezes do topo dos carvalhos mais altos dos seus bosques num espantoso salto acrobático fatal. Apesar de ser um bom espectáculo de se ver, trata-se de um verdadeiro drama do mundo animal.
***** Como poderam constatar o Surre não vai à bola com a espécie humana. Já o Al é mais amigo dos Homem e até correm boatos que os dois tencionam concorrer juntos nas próximas eleições autárquicas.

quarta-feira, setembro 28, 2005

O Mestre Tralala e o seu fiel Discípulo Chakachaka

Na beira de um lago algures no Oriente, um Mestre e um Discípulo discutem as grandes questões do ser humano e da vida, enquanto bombas e pacotes de ajuda humanitária vindos do Ocidente caíam dos céus...

Discípulo Chakachaka (DC): Mestre Tralala, qual é a função do Homem na Natureza?
Mestre Tralala (MT): Meu jovem aprendiz, o Homem tem a maior relevância na extinção do Tigre da Malásia, na emissão de CFCs e no efeito estufa.
DC: E Mestre... qual é a razão da nossa existência Mestre?
MT: Essa ainda não sei, mas estou a estudar o assunto e lá pró final da próxima semana já te dou uma resposta.
DC: Está bem Mestre, mas poderá sua excelência explicar-me o princípio da vida?...
MT: O princípio da vida meu caro Discípulo Chakachaka é igual aos outros princípios, mas começa um pouco mais cedo e é ligeiramente mais teimoso.
DC: E o mundo Mestre Tralala, porque é que o nosso mundo gira em torno do sol?
MT: Passo!
DC: Mestre o que é que é o PEC?
MT: É o Pacto de Estabilidade e Crescimento! Trata-se de um acordo entre os países da União Europeia consubstanciado nos artigos 99° e 104° do tratado de Roma.
DC: Mestre, contaram-me esta semana que o Mestre sabe para onde todos vamos quando morremos... diga-me Mestre para onde irá a minha alma quando o meu corpo ceder, diga-me por favor?
MT: Vai prós lados de Santa Comba Dão a caminho da Várzea da Vagueira.
DC: E a chave do Euromilhões Mestre, qual é a chave desta semana?
MT: 1 26 31 34 47 + 4 9 *
DC: E Mestre, Mestre... porque raio estou eu sempre a chamar-lhe de Mestre?
MT: Porque és chatinho comá Potassa!!!
DC: Mestre, como é que um dia poderei vir a ser um Mestre Tralala?
MT: Basta quereres!
DC: Mas eu quero Mestre! Eu quero!
MT: Pois!, mas querer não chega meu jovem discípulo Chakachaka, querer não chega!
DC: Oh!

* Atenção: infelizmente esta conversa foi realizada a semana passada por isso já não vale a pena tentarem usar esta chave porque já expirou.

terça-feira, setembro 27, 2005

Os adultos gostam das crianças

Alberto João Jardim em criança - "Eu sou o dono da bola e só joga quem eu quiser!"
Alberto João Jardim em adulto - "Não sairá dinheiro do orçamento da região para apoiar projectos municipais propostos por qualquer câmara ganha pela oposição!"

Manuel Alegre em criança - "Oh mãe, a minha turma escolheu outra vez o Mário para delegado de turma, não é justo! Oh mãe é que já é a terceira vez! também quero, não é justo! É a minha vez agora!"
Manuel Alegre em adulto - "Discordo da candidatura que vai ser apoiada pelo PS. O processo não foi claro. A solução não está conforme aos critérios republicanos de renovação política. Uma terceira candidatura de Mário Soares não é saudável para a democracia!"

Manuel Carrilho em criança - "Mãe ontém dei porrada no Carmona e ele agora tem medo de mim e foge de todos!"
Manuel Carrilho em adulto - "Carmona Rodrigues não aceita o debate e foge aos Lisboetas!"

Carmona Rodrigues em criança - "Ganda anormal!"
Carmona Rodrigues em adulto - "Grande ordinário!"

José Sócrates em criança - "Oh mãe, o Pedro chamou-me de maricas!"
José Sócrates em adulto - “Fui vítima de insinuações pessoais alimentadas pelo meu opositor!”

Pedro Santana Lopes em criança - “Oh pai, o que é uma incubadora?”
Pedro Santana Lopes em adulto - “Este é um Governo a quem ninguém deu quase o direito de existir antes dele nascer, e que, depois de nascer através de um parto difícil teve que ir para uma incubadora!"

Primeiro-ministro em criança - "Oh professora, a culpa é do Nécas!"
Primeiro-ministro em adulto - "A crise deve-se à incompetência, à incúria e à irresponsabilidade do meu antecessor!"

Neonazi em criança - "Sai daqui meu maricas! vai-te embora ó preto!"
Neonazi em adulto - "Sai daqui meu maricas! vai-te embora ó preto!"

sábado, setembro 24, 2005

Identifique o seu tipo de Sacanagem!

A SRT desenvolveu uma sofisticada chave dicotómica que lhe irá auxiliar a si, jovem sacana, identificar rapidamente o seu tipo de sacanagem.

Responda às seguintes perguntas:

1 - No seu emprego seria capaz de trair algum colega de modo a ser promovido(a)?
Se sim, passe para ao item seguinte; se não passe para o item 10.

2 – Entre ser despedido(a) e despedir o seu melhor amigo, o que é que escolheria?
Vá lá!, não seja hipócrita avance para o item seguinte e não pense muito no assunto nem nas eventuais circunstâncias que justificam isto ou aquilo. Viver em sociedade é ignorar isso e muito mais.

3 - Você gosta mais de poder dar ordens ou de não ter de receber ordens?
No primeiro caso avance para o item seguinte; no segundo caso, salte para o item 8.

4 - Em lugar de chefia seria capaz de maltratar desnecessariamente os seus subordinados?
Se sim, passe para a pergunta seguinte; se não, passe para o item 9.

5 – Seria capaz de ter relações sexuais com a pessoa mais desejada do seu departamento sabendo que jamais seria descoberto(a) e que a outra pessoa se encontra numa situação de dependência profissional em relação a si.
Se sim, passe à pergunta seguinte, se não, passe para o item 7.

6 – Seria capaz de vender a sua própria mãe para ter mais lucros na sua empresa?
Se sim, você é um(a) Top-Sacana, tem tudo para vencer na vida e chegar ao topo de qualquer carreira profissional. Você será o orgulho da sua mãezinha mesmo depois desta ter sido vendida aos Fenícios e violada pelos Cartaginenses.
Se não, você é um Sacana Típico. Este tipo de sacanagem é o mais comum na sociedade Deus, Pátria e Família. O mais comum entre os cidadãos que comem e esfolam tudo e todos desde que não seja ao Domingo de manhã e não envolva a família, o resto vale tudo.

7 - Você é um(a) Sacana Impotente. Você iria ter muito sucesso na Suiça, é que lá há muito disso.

8- você é um(a) Sacana Cool. A sacanagem cool é difícil de encontrar, algumas tribos africanas apresentam curiosamente este tipo de sacanagem em grande percentagem.

9 - Voçê é um(a) Sacaninha Medíocre. É relativamente comum nas associações de estudantes.

10 - Voçê apresenta o mais vil tipo de sacanagem que existe no mundo - Voçê é um(a) Sacana Hipócrita!

sexta-feira, setembro 23, 2005

A melhor anedota do ano

A melhor anedota nonsense do ano votada por todos as pessoas com o mínimo dos mínimos de bom senso é:

"A Fátima Felgueiras, fugida da Justiça no Niterói durante dois anos e meio, continuou a receber o seu ordenado de autarca por inteiro"

Espectacular!! Hilariante!! HILARIANTE!!!!!!!

é das lágrimas soltarem-se dos olhos, Meu Deus, que anedota, que chalaça!!! quem foi o génio que se lembrou de um cenário tão dantesco, rocambulesco, irreal, completamente inconcebível, absolutamente absurdo?
Ai, ai... que risota!

(há cenários que não lembram ao diabo, somente aos portugueses)

Fátima Felgueiras Vs Moscas Varejeiras

De facto a SRT é muito dada à brincadeira. No post anterior foram pedidas 8 diferenças entre uma Fátima Felgueira e uma Mosca Varejeira, quando na verdade, tal como os mais perspicazes poderão ter reparado, não existem quaisquer diferenças a assinalar. Somente semelhanças se podem assinalar entre aqueles dois exemplos de má criação divina e péssima gestão de matéria orgânica por parte da Mãe Natureza.
Semelhanças mais notáveis a assinalar entre a Felgueira e a Varejeira...

* Estão as duas enterradas em merda até ao pescoço;
* São detestadas por todos excepto pelos porcos e pelos burros;
* Quando o pessoal as tenta caçar fogem rapidamente;
* Mesmo assim voltam outra vez;
* são feias que nem cornos;
* Não têm qualquer utilidade a todos os níveis (incluindo o biológico);
* pertencem a 2 espécies (Autarquis corruptis e Dermatbia hominis, respectivamente) que são catalogadas pelo Fundo Mundial para a Natureza (WWF) como "espécies que não estão em extinção mas bem que poderiam estar".

quinta-feira, setembro 22, 2005

Descubra as oito diferenças

Descubra as 8 diferenças:

a) b)



Solução no próximo post.

terça-feira, setembro 20, 2005

MC Hammer e Carrilho apaixonados

O conhecido rapper MC Hammer convidou o Carrilho para participar no seu novo clip para remistura do seu famoso hit "U Can´t touch this".
Carrilho já revelou a sua comoção e gratidão face ao reconhecimento internacional do gesto bonito que fez ao Carmona - um modernaço "can't touch this" que terá inspirado o MC Hammer a remixar o seu hit maravilha.
MC Hammer revelou que se não fosse a inspiração de Carrilho não mais teria saído do mundo da droga e da prosituição, um mundo em que se envolveu há cerca de quinze anos após o seu fulminante sucesso.
Carrilho revelou também à agência Tusa que irá deixar a política para se dedicar ao mundo do Rap e Hip Hop.
Carrilho afirmou ainda que irá trocar a Bárbara Guimarães pelo amor da sua vida.
"Nunca esperei amar tanto uma pessoa. O MC Hammer é um homem muito especial e eu quero casar e ter filhos com ele", disse o Carrilho à agência Tusa.

O gesto de Carrilho matou três coelhos de uma só cajadada:

Deixou o Carmona com um granda melão,
Salvou o MC Hammer da desgraça e da má vida e
Livrou Portugal de um gajo chato como a potassa (leia-se Carrilho).

segunda-feira, setembro 19, 2005

5 razões e meia que levaram provavelmente o Carrilho a não apertar o bacalhau ao Carmona


Aqui estão 5 razões e meia que poderão ter levado o Carrilho a ter a sua primeira atitude sincera desde que entrou no mundo da política, ou mesmo simplesmente no mundo:

  • O Carrilho sofre de uma doença rara da vista que diminuí o seu ângulo de visão e que tem como consequências o nariz impinado para lhe proporcionar maior alcance de visão e de vez em quando também não consegue visualizar uma mão estendida que quer ser apertada.
  • O Carrilho sabe que os políticos libertam gosma e isso ele já tem em abundância, daí evitar o contacto físico com outros da sua espécie (até porque a gosma faz mal à pele!).
  • O Carrilho passou 3 anos da sua vida com uma tribo Africana cujo o gesto de aperto de mãos simboliza um desafio cabal para um duelo mortal.
  • O Carrilho descobriu que o Carmona é primo direito da Bárbara e que os dois mantém há cerca de dois anos uma relação ardente e incestuosa.
  • O Carrilho sabia que o Carmona tinha na sua mão direita um daqueles brinquedos de carnaval muito engraçados que dão choques eléctricos durante os apertos de mão.
  • O Carrilho tem um fraquinho pelo Carmona e...

Expresse a sua opinião! faça desta democracia algo mais do que um conjunto de 10 caracteres. Complete a 6ª razão no seu comentário e habilite-se a ganhar um bacalhau Pascoal oferecido pela Administração da SRT.

domingo, setembro 18, 2005

As velocidades em Portugal

A velocidade da luz:

3x10(8) m/segundo

A velocidade do Som:

300 m/segundo

A velocidade da calúnia:

100 m/português

A velocidade da popularidade:

1 aldrabice/dia

A velocidade de aprovação de um mau projecto:

1x10(6) €/autarca

A velocidade de um tacho:

>1 cunha/candidato

A velocidade do deficit:

1 buraco/primeiro-ministro

A velocidade da despesa pública:

1 derrapagem/orçamento

A velocidade da mediocridade:

1x10(7) /segundo

A velocidade da verborreia:

1x10(99) m/político

A velocidade de ascensão profissional de um incompetente bem influente:

Impossível de determinar cientificamente (é demasiadamente elevada).

A velocidade de reconhecimento de um bom projecto:

Impossível de determinar cientificamente (é demasiadamente lenta).

sexta-feira, setembro 16, 2005

Um dia na rotina de um casal apaixonado...

- Ai amor eu hoje tive um dia tão cansativo!
- Então "môr"?
- Ai cheguei ao trabalho às 8.35h e ainda ouvi do meu chefe por ter chegado 5 minutos atrasada.
- Ai foi?
- Sim e depois tive de fazer sexo anal com ele à bruta pra compensar o atraso...
- oh que chatice!....
- Pois é! e depois tive arquivar dossiers na cave cinco horas a fio num espaço mínimo e como tive de me despir por causa do calor arranjei sarilhos...
- então "môr"?
- olha, vê lá tu que apareceu o segurança lá da empresa e fez chantagem comigo...
- Ah foi!....
- Pois é! tive de lhe fazer um felácio de duas horas senão ele dava com a boca no trombone.
- oh pá isso é que era pior...
- pois era! E tu? O teu dia como foi?
- Bom... eu acordei por volta das onze e comecei a pintar o meu terceiro quadro da série “A angústia de viver”... Dei umas pinceladas e tal antes do almoço. Lá prá tarde resolvi mandar uma escarreta no centro do quadro para dar aquele toque mais humano e sujo à coisa e depois antes do lanche com uma faca fiz dois cortes profundos na tela. A seguir ao lanche fiquei 2 horas a olhar pr’áquilo e como já me estavas a chamar pró jantar achei que poderia considerar a obra acabada.
- Ai amor! Gosto tanto de ti, és tão criativo. Quem me dera... Tá tão bonito, és cá um artista! És cá um génio!...
- Eu sei “môr”, eu sei!...

Pergunta do dia: A arte de viver é concreta ou abstracta?

quinta-feira, setembro 15, 2005

Humanidade presta as suas primeiras declarações

A Humanidade tomou conhecimento das mensagens recebidas pela NASA a si dirigidas e enviadas por entidades alienígenas do espaço sideral.
A SRT teve acesso exclusivo às primeiras declarações da Humanidade.

SRT - Como se sente?
Humanidade - Prontos, efectibamente sinto-me... como é que se diz?... sinto-me indignadada...
SRT - Indignada, quer dizer?...
Humanidade - Isso sim!
SRT - E poderá explicar-nos porquê?
Humanidade - É que portantos a NATA não mostrou todas as mansagens que receberam, e o que me bale é um sobrinho que eu tenho e que trabalha lá e que me contou mais coisas...
SRT - Refere-se a outras mensagens extraterrestres recebidas pela NASA?
Humanidades - Pois claro está. Efectibamente.
SRT - Como por exemplo?
Humanidade - Olhem, por exemplos, os ETs disseram que eu não tinha nem a quarta classe...
SRT - E isso não é verdade?
Humanidade - Concertezas que não. Eu fiz a quarta classe toda.
SRT - e mais?
Humanidade - Olhem, e eles disseram que prontos que eu nem tinha dois números de BI?
SRT - Quer dizer QI?
Humanidade - Exactos! Isso é mentiras! Tudo mentiras!
SRT - Pois é evidente que sim... e tem alguma coisa a responder aos alienígenas?
Humanidade - Sim! prontos, eu queria dizer a esses alinagigenas que quem diz é quem é!

A eloquência (g)astronómica da Humanidade ecoa no Universo...

terça-feira, setembro 13, 2005

Espectacular mensagem vinda do espaço

A NASA identificou esta semana a seguinte mensagem extraterrestre dirigida claramente à humanidade e que irá concerteza reabrir o interessantísimo debate sobre se existirá ou não vida inteligente no Universo, já que neste planeta não existe claramente.

A mensagem original identificada pelos satélites da NASA é:

#"%$#%VÃO"#$"/%&&%(//&(/&TODOS!"#$#$%#%$#%PRÓ#$%$#%#$%#$CARALHO!$#%#$%$#$&

Pessoal divergente, Estupidez convergente...

Profissões divergentes, Discursos convergentes...
Modelo -
O meu sonho é contribuir para um mundo melhor sem fome nem guerra. Acordo todos os dias para construir esse sonho.
Cientista - O meu sonho é contribuir para um mundo melhor sem fome nem doença. Acordo todos os dias para construir esse sonho.

Etnias divergentes, Ódios convergentes...
Sérvio -
Bang!
Bósnio - Bang!

Penteados divergentes, Devaneios convergentes...
Político - Eu sou a pessoa indicada para o país!
Esquizofrénico - Eu sou a Alice no País das maravilhas!

Roupas divergentes, Sensibilidades convergentes...
médico -
Boa tarde! tenho aqui os seus exames médicos e devo informa-lo que tem 3 meses de vida.
Cangalheiro - Boa tarde! tenho aqui o catálogo de caixões design Italiano e o melhor é escolher já o seu favorito porque pode demorar uns 3 meses a chegar.

Roupas divergentes, Chulices convergentes...
Médico -
Boa tarde!
Cangalheiro - Boa tarde!

Epítetos divergentes, Vigarices convergentes...
Sr. - Aviso já que não passo recibo.
Dr. - Aviso já que não passo recibo.

Crenças divergentes, Expressões convergentes...
Romeiro - Avé!
Toureiro - Olé!

segunda-feira, setembro 12, 2005

SRT de Volta e pra Ficar!



Os membros da SRT voltaram!

Após uma inesperada viagem relâmpago ao Brasil, a SRT retoma as suas actividades de penetração cultural do tipo eclesiástico. A estadia no Brasil foi de extrema utilidade estratégica.
A justiça em Portugal é oca e amnésica e neste momento a SRT conta com o apoio vi(ta)l e vir(tu)al de muita escumalhada em que se incluem padres pedófilos, autarcas corruptos e até mesmo sócios honorários da PT.
A mudança social está a chegar e já se sente o seu bafio quente e fedorento, igualzinho à brisa primaveril do Trancão.

Agora as autárquicas, amanhã as Presidenciais, dando um passinho de dança nas legislativas. Um chachachá, uma rumba e um merengue. Um pouquinho de Tangomango e Sambabamba pr’aquecer os corações de todos vós.

Assinaturas pra que vos quero...
A SRT no governo garante Shuttles diários Lisboa-Fátima sem cadeiras e tão somente ergonómicos genuflexórios onde os passageiros poderão viajar confortavelmente de joelhos até ao famoso santuário sem terem de gastar desnecessariamente o precioso cálcio dos seus ossos. Com todo o cálcio assim poupado, os portugueses terão menos cáries e menor necessidade de consultar dentistas brasileiros que são pragas do tipo mosquito-resistente-a-Baygon. A redução na importação dispendiosa de Baygon vai permitir uma reviravolta fulminante na economia nacional.
A era deste novo Portugal será tão ou mais próspera que a era dos Descobrimentos que, convenhamos, efectivamente já era!
A inflação será uma palavra riscada dos nossos dicionários e todos os projectos de lei propostos serão levados com coleira ao Parlamento onde os diferentes deputados (todos de igual forma corruptos) irão tentar fazer vingar a sua posição através de um democrático braço de ferro acéfalo ou através do fantástico lançamento do peso. As mulheres deputadas poderão antes optar por um simples despique de croché ou patinagem artística.
Portugal será deste modo um país mais organizado, justo e racional porque a lógica do aleatório é apesar de tudo mais fiável que a ignóbil lógica humanizada à portuguesa. Assim se escreve, assim será feito!

Um amigo nosso Brasileiro escritor de profissão e dentista de vocação assim o disse: “Chama-se de civilização esse lento processo pelo qual a humanidade acaba concordando com os loucos”.

quinta-feira, agosto 25, 2005

SRT alvo de acusação por difamação

Os membros da Sociedade Recreativa Tralala (SRT) receberam esta semana uma notificação de um processo em tribunal imposto por uma figura pública supostamente lesada na sua idoneidade profissional pelo blog da SRT.

Neste momento a SRT vai ter de enfrentar uma queixa por difamação grave.
Os membros da SRT estão tristes porque a acusação deveria ter sido não grave, mas sim gravíssima e por isso acham que a difamação não foi suficientemente eficaz – falharam nos seus objectivos. Os membros da SRT querem por isso reflectir sobre este falhanço e aproveitar para fugir aos tribunais. Recusam-se determinantemente a compactuar com a justiça adulterada da Sociedade Actual Portuguesa (SAP) e, à semelhança dos VIPs deste país, irão todos fugir provisoriamente para o Brasil.

A SRT irá porém durante esse período tentar manter o seu blog com cautela e a "meio gás".

O lado positivo desta acusação é que em breve a SRT irá minar cada canto de Portugal. Os membros da SRT, uma vez arguidos num escândalo jurídico seguido de fuga à boa moda portuguesa, estarão em plena posição de num futuro próximo, a custo de alguns apoios e assinaturas, candidatarem-se às autarquias e minarem o poder local de todas as terríolas deste nosso Portugal.

A SRT já fez o mais difícil agora resta o mais fácil!

Ao poder local seguir-se-á naturalmente o poder central e a SRT acabará por derrubar com sucesso a SAP.

A todos os Tralalalianos deste país uma mensagem: O presente é negro e carrancudo, mas o futuro vai ser colorido, sorridente e acima de tudo muitíssimo tralalaliano!!

Até breve e esperemos que a justiça funcione como de costume (i.e. não funcione).

Atenciosamente,

A Sociedade Recreativa Tralala

quarta-feira, agosto 24, 2005

Entrevista Exclusiva

A Sociedade Recreativa Tralala, SA vai iniciar o seu ciclo de entrevistas com as grandes figuras do nosso país e para começar com chave de ouro, a nossa primeira personagem a ser entrevistada é História de Portugal. A História de Portugal é uma conhecida prostituta do Intendente que fez história ao ser a primeira prostituta independente das antigas casas de prostituição.

SRT - Como é que começou nesta vida?
História de Portugal (HP) - Não me lembro... já foi há muito tempo sabe... hum... mas recordo-me bem do meu primeiro chulo o Henriques..., era um bom chulo... foi ele que tornou a nossa profissão independente...
SRT - Que é feito do Henriques?
HP - Bom... o Henriques teve problemas com outros chulos e teve de abandonar a carreira, mas ele será sempre o nosso primeiro chulo... o primeiro chulo de Portugal!
SRT - E o que acha dos chulos de agora?
HP - Os chulos de agora vestem-se melhor que os de antigamente, mas têm pouco respeito pelas suas putas. Eles ficam com o dinheiro todo e nem sequer sabem nos defender como deve ser. Estamos todas entregues à bicharada...
SRT – E ao menos gosta do que faz?
HP – Já gostei mais, mas sabe... eu tenho mesmo muito orgulho no que sou e no que faço, porque eu sei dar o rabinho como ninguém. Estas miúdas que para ai andam, não têm a minha técnica...
SRT - E que técnica é essa?
HP - É a técnica de levar no cu de tudo e de todos com gosto e orgulho. E se o cliente se estica nunca me queixo.
SRT – Talvez por isso seja tão conhecida...
HP - Em tempos já fui a melhor puta do mundo...
SRT - e agora?...
HP - Bom... agora tou velha e gasta... já ando nisto há muito tempo sabe...
SRT - Mas ainda tem clientes não tem?
HP - Sim, mas levo baratinho, quase de borla, muito baratinho, mal dá para as despesas.
SRT - E ainda por cima com a Crise...
HP - Ah pois é! essa puta desde que anda para aí nas ruas deu-nos cabo do negócio. É uma puta que não parece envelhecer, tá cada vez mais nova e mais potente, atrai a clientela toda...
SRT - Porém você continua a ser um exemplo para todas as outras prostitutas, não é verdade?
HP - Sim isso é bem verdade! as putas todas aqui do bairro queixam-se da Crise, mas têm imenso orgulho em mim. Tão sempre a dizer, "Ai a nossa História... se não fosse a nossa História..."
SRT – Tem pena das outras prostitutas?
HP – Sim, tenho muita pena delas... queixam-se muito sabe... tão a sempre a chamar por mim e por Deus...
SRT – Chamar por Deus...
HP – Sim! elas também sempre a dizer “valha-nos Deus... graças a Deus...”
SRT – Mas quem é Ele?
HP -Dizem que é um chulo que está sempre em todo o lado e que as ajuda muito, mas para dizer a verdade eu nunca o vi... mas pronto elas dizem que se não fosse Ele não conseguiriam suportar a vida que levam.
SRT – Mas como é Ele?
HP – Deve ser bom moço, porque elas dizem bem dele, mas também deve ter o seu mau feitio... veja lá bem que dizem que ele se passa se usarem o seu nome em vão.
SRT – Mas sabe ao menos como Ele é de aparência?
HP – Não muito bem, mas todas dizem que Ele é todo Poderoso. Deve ser cá um pão...
SRT – Tem alguma mensagem que gostaria de deixar a todas as prostitutas que vão ler esta entrevista?
HP – Sim! Eu gostaria de dizer a todas as putas do país que tenham orgulho e fé na vossa História de Portugal, porque eu ainda tenho muito para dar e se querem continuar a ganhar bom dinheirinho da clientela então dêm o rabinho e não chorem, porque se vamos esperar que os chulos façam alguma coisa por nós então bem que podemos esperar sentadas e lembrem-se que dar o cu à cadeira não dá dinheiro nenhum...
SRT – Muito obrigado pela sua entrevista História de Portugal.
HP – De nada, e já agora não gostaria de experimentar o meu rabinho?
SRT – Não! A Sociedade Recreativa Tralala não gosta nem de putas nem de chulos!